terça-feira, 23 de março de 2010

Muse descontentes com decisão da Warner Music

Os Muse estão descontentes com a decisão da sua editora em deixar de disponibilizar música para sites como o Last.fm, We7 ou Spotify.
Através destes sites de escuta de música em streaming, os utilizadores têm acesso às canções gratuitamente, uma vez que o serviço é pago através de publicidade. No entanto, a Warner Music anunciou, em Fevereiro, a intenção de deixar de apoiar este tipo de serviços.
Em entrevista à rádio BBC 1, o baixista Chris Wolstenholme mostrou-se desapontado com a decisão e disse que as bandas serão as grandes prejudicadas.
«É como se tirassem a tua canção da rádio, não é? Estás automaticamente a retirar a tua canção a um grupo de potenciais ouvintes», reclamou o músico dos Muse.
Wolstenholme acrescentou que a ideia de retirar as músicas dos serviços streaming nunca partiu das bandas, mas apenas das editoras que se sentem prejudicadas pela Internet.
«As empresas é que estão a ditar as regras porque estão desesperadas. Perderam muito dinheiro nas vendas de discos por causa da Internet. (...) [Mas] no que diz respeito às bandas, nós só queremos que as pessoas oiçam a nossa música, seja de que forma for», explicou.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sociable

MUSE - UPRISING